3 Novas Maneiras de Cobrar Cachê para o Seu Show

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Ganhar dinheiro na música não é tarefa fácil. Hoje, o cachê de show é sem dúvida uma das principais fontes de receita dos músicos e da equipe que ele venha a ter. Não é a toa que que o vocalista do Deftones disse que a banda precisa excursionar por 4 meses para pagar as contas.

Sendo assim, um dos principais desafios das bandas e artistas da atualidade, é fazer shows que paguem. Mas esse é um paradoxo difícil de romper.

Uma banda iniciante tem um público potencial pequeno. Logo, são poucos os donos de casa de show interessados em pagar um cachê para uma banda que não vai fazer com que ele recupere essa grana.

Porém, uma banda que não toca, tem poucas chances de aumentar a sua base de fãs em shows. E o desafio muitas vezes está entre tocar de graça ou não tocar.

Por isso, separei hoje 3 Novas Maneiras de Cobrar Cachê de Show que talvez você ainda não tenha percebido.

Cachê pela Internet

Hoje temos diversas plataformas despontando nesse formato. Você pode fazer um show da sua casa ou garagem, sem ter de alugar uma casa de show ou assumir riscos de bilheteria com os donos dessas casas.

Tocando da sua sala, com um som razoável, você consegue entrar em plataformas como a Netshow.me ou Clap.me e fazer com que qualquer pessoa pague o quanto quiser para assistir o seu show.

Essa é uma maneira que considero excelente para quem está começando e precisa medir a febre do valor atribuído ao seu show. Quanto será que ele vale?

Perceba que se poucas pessoas permanecem assistindo o seu show online, ou pagam muito pouco para assistir, você talvez precise rever algumas coisas.

Você precisa fazer do seu show uma experiência inesquecível, como já falamos em outro artigo por aqui.

Venda Cruzada

Essa é uma técnica especialmente interessante para aqueles que possuem algum material físico. E também uma ótima maneira de fidelizar fãs.

Faça com que o ingresso do seu show seja na verdade uma parte de uma venda cruzada, onde ele na verdade se torne um bônus na compra de um outro produto, como uma camiseta ou disco físico, por exemplo.

Dessa forma, ao vender esse kit, você não apenas garante um ingresso vendido e uma presença praticamente garantida no seu show mas garante alguém com um produto seu, e um cachê pago indiretamente por ele.

Patrocinadores

Essa discussão é longa. Vamos falar dela mais a fundo em uma outra oportunidade. Mas, uma boa maneira de receber cachê de show sem envolver o dono da casa de show em grandes riscos, é possuindo um patrocinador.

Essa não é uma tarefa fácil. Você precisa convencer marcas locais de que investir em divulgar a marca delas no seu show vale a pena. Isso envolve um estudo profundo seu sobre a marca. E envolve saber se ela tem alguma coisa a ver com sua mensagem.

Uma boa maneira de organizar os patrocínios do seu show, é criar diferentes formas de patrocínio. Por exemplo, crie 3 grupos diferentes de investimento: Bronze, Prata e Ouro.

Dessa forma, as marcas podem escolher em qual faixa e tipo de investimento podem entrar. O ideal é que você comece com lojas locais que apoiam a cultura local e que faça um bom trabalho de divulgação. Por exemplo, montando um estande da loja no seu show.

Esse tipo de contrapartida movimenta todo o cenário local. E garante que os riscos para você, o público e contratante sejam minimizados.

E aí, conhece alguma forma diferente de cobrar cachê que não falei por aqui? Deixe nos comentários e vamos aprendendo juntos.

 
No Posts Found
Dicas e Sacadas

Como o Hábito Influencia a Música

Você sabia que o hábito pode ser responsável pelo sucesso ou fracasso de uma música? E que o hábito poderia explicar o motivo pelo qual

 

não vai deixar
seu autógrafo?

cursos gratuitos, networking, materiais de trabalho, diagnóstico, rede social... .. em 1 minutos você cria sua conta, é rápido