Masterização: Você Sabe O Que É?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Falaê, geral! Beleza? Falamos de pré-produção, da captação, da mixagem…, agora vamos falar da masterização.

Se você colou com a gente viu que em nossas últimas conversas falamos das fases que envolvem a produção de seus fonogramas com toda a qualidade que o mercado exige e seus fãs merecem.

Mas, afinal…

O que é Masterização?

Grandes produtores musicais costumam dizer que as funções tanto da mixagem quanto da masterização é não estragar o que foi feito nas etapas anteriores. Tudo tem de ser feito com qualidade!

Portanto, nada de “quebra-galhos” em sua produção.

A masterização é a etapa do processo de produção de um fonograma. Em que se faz com que a música soe finalizada e com cara de “som profissional”.

O ideal é que ao final desse processo você possa comparar o seu trabalho diretamente com qualquer outro e notar que a qualidade do áudio do seu está tão boa quanto a dos artistas que admira.

Como é o processo?

O produtor musical Dennis Zasnicoff diz, em seu Manual de Bolso da Produção Musical, que “pecar na masterização é como servir um sofisticado prato da culinária francesa em uma marmitex de alumínio.”

Segundo o mesmo manual, a masterização é a etapa da produção musical em que se:

  • uniformiza as faixas de um álbum afim de que soem como partes de um mesmo trabalho;
  • faz o trabalho de “acabamento” do áudio e melhora a “pegada”, ou “punch” dele, fazendo com que o ouvinte possa entender e “colar” no arranjo mais facilmente;
  • prepara a mídia master (original de onde serão feitas as cópias);
  • verifica a confiabilidade e compatibilidade com os mais diversos tipos de equipamentos em que a música será tocada (PCs, smartphones, cds players, aparelhos de som, etc) de modo que soe bem em qualquer deles;
  • minimiza eventuais falhas de mixagem e edição;
  • define a sequência das músicas no álbum (CD ou EP);
  • agrega fade-in e fade-out nos inícios e finais das faixas;
  • converte o áudio para os mais diversos formatos (CD, vinil, MP3, etc);
  • cria versões alternativas com outros timbres e durações (para rádios, filmes, cinema, TV, etc).

O Profissional

A masterização exige uma grande especialização do profissional que fará esse trabalho. Por isso convém que esse profissional não tenha participado das etapas anteriores da produção.

Assim ele terá mais imparcialidade e suas avaliações tendem a ser mais objetivas e compatíveis com a percepção do consumidor final.

Esse processo costuma levar algumas horas, e é desejável que o produtor musical participe afim de garantir que as intenções artísticas também sejam levadas em conta no processo.

Bastam alguns segundos ouvindo uma música para se saber se a masterização foi bem feita, com precisão e cuidado.

Ninguém precisa entender de equilíbrio tona, dinâmicas e Hi-End para sacar se sua música soa profissional ou não. Fazer julgamentos é bem simples, afinal.

A dificuldade está em deixar o som gostoso de ouvir. Com cara de som top-line, fazendo as modificações necessárias sem comprometer qualquer elemento da música, principalmente a parte artística.

 

 

 
No Posts Found
Produção

Masterização: Você Sabe O Que É?

Falaê, geral! Beleza? Falamos de pré-produção, da captação, da mixagem…, agora vamos falar da masterização. Se você colou com a gente viu que em nossas últimas

 
Criação

Como Fazer um Press Kit?

Uma das primeiras coisas que aprendi ao começar a trabalhar com músicos e artistas foi sobre a importância do Press Kit, também conhecido como Kit

 

não vai deixar
seu autógrafo?

cursos gratuitos, networking, materiais de trabalho, diagnóstico, rede social... .. em 1 minutos você cria sua conta, é rápido